Saudações do Primeiro de Maio de 2021

Silav û rêz şoreşgerî,

Hoje, celebramos todos os bravos revolucionários pelo mundo que lutam contra o capitalismo, pelo socialismo e por uma sociedade livre. Vemos esta luta como uma continuação da luta dos Mártires de Haymarket e damos grande valor à história do que agora chamamos de Primeiro de Maio. Foi em Chicago em 1886 que 300.000 trabalhadores nos Estados Unidos entraram em greve e exigiram a sua humanidade face à opressão brutal do capitalismo. Tendo isto em vista, movimentos revolucionários em todo o mundo gritaram também o slogan, “Guerra ao Palácio, Paz à cabana e Morte à OCIOSIDADE LUXUOSA”. O primeiro de maio veio simbolizar esse espírito de internacionalismo e a luta internacional dos trabalhadores contra a hegemonia capitalista. De Euskal Herria à Bolívia, da Alemanha à Índia, de Rojava a todo o mundo, esta luta continua.

Desde a década de 1970, também o Movimento de Libertação Curdo tem estado ativo neste dia, organizando-se nas ruas e locais de trabalho de Bakur e da Anatólia. Hoje, esta resistência continua nas montanhas contra o Estado fascista turco neo-otomano. Os ataques às montanhas livres do Curdistão, especialmente em Metîna, Avaşîn e Zap, intensificaram-se enormemente na última semana. O objetivo dos ataques do Estado turco e dos seus apoiantes imperialistas é destruir não só a revolução aqui em Rojava, mas também em todo o Curdistão, incluindo a esperança e a alternativa prática que a revolução está a dar à região e ao mundo inteiro!

Em resposta aos ataques, a guerrilha lançou as suas próprias operações, não só infligindo grandes danos à ambição do Estado turco, mas também demostrando com determinação a defesa e a construção contínua da revolução. O povo do Curdistão, particularmente os jovens, também intensificou a sua resistência sob a forma de ações revolucionárias. Ao longo da história, este dia representou a luta contra os patrões, o capital e a divisão de classes.  Mas o Primeiro de Maio não é apenas o dia em que celebramos o movimento operário, mas também a resistência das mulheres em todo o mundo. Desde o início dos protestos, as mulheres sempre estiveram na linha de frente. Vemos a importância da luta das mulheres e, por isso, enviamos os melhores votos a todas as mulheres que lutam contra a modernidade capitalista. Todos os anos, as ruas estão repletas de resistência; hoje esta resistência não perdeu a sua força e empenho.

De Chicago ao Curdistão, o espírito revolucionário do povo nunca será derrotado!

De Rojava para o mundo, #UniteInResistance (Unamo-nos em Resistência) porque a vitória é nossa!

Bijî 1 Gulan (Viva o 1º de maio)

Faşizma tirk biruxînin (Esmaguemos o Fascismo Turco)

Bijî berxwedana Gerîla (Viva a resistência da Guerrilha)
Bijî berxwedana zindana (Viva a resistência nas prisões)
Bijî berxwedana ciwanên û jinên (Viva a resistência da juventude e das mulheres)

Comuna Internacionalista de Rojava,

Jovens Mulheres Internacionalistas,

RiseUp4Rojava,

1º de Maio de 2021